loading

A caminho de um futuro baseado no hidrogénio já hoje com o Opel Vivaro-e HYDROGEN

  • Primeiro cliente: a Miele irá operar veículos de transporte com emissões zero;
  • Para utilização em frotas: o Vivaro-e HYDROGEN é um veículo elétrico equipado com pilha de combustível;
  • Poupança de tempo: 3 minutos de reabastecimento para mais de 400 km de autonomia (WLTP);
  • Sem cedências: até 6,1 m3 de volume de carga e 1.000 kg de carga útil;
  • Pioneira: Stellantis é a primeira a colocar veículos comerciais ligeiros a hidrogénio na estrada;
  • Fabricado na Alemanha: Produção em série na sede da Opel, em Rüsselsheim.

 

Está pronto a arrancar aquele que é um dos primeiríssimos veículos de transporte a hidrogénio de um fabricante de automóveis. O primeiro Opel Vivaro-e HYDROGEN a sair da linha de produção começará a operar sem emissões na frota da Miele, fabricante alemão de eletrodomésticos ‘premium’. Equipado com uma pilha de combustível a hidrogénio da marca do relâmpago, o veículo realizará serviços diários na região do Reno-Meno, em redor de Frankfurt. O CEO da Opel, Uwe Hochgeschurtz, e o Diretor de Desenvolvimento, Marcus Lott, estiveram presentes no início da sua produção, em Rüsselsheim.

"Com o novo Opel Vivaro-e HYDROGEN estamos a inaugurar um novo capítulo na nossa estratégia de mobilidade sustentável. Este conceito alia as vantagens da motorização com pilha de combustível a hidrogénio com a versatilidade e capacidades do nosso veículo comercial ligeiro mais vendido", disse o CEO da Opel, na sede da marca em Rüsselsheim.

Marcus Lott, Diretor de Desenvolvimento, acrescentou: "O novo Vivaro-e HYDROGEN satisfaz perfeitamente os requisitos dos operadores de frotas. O furgão a hidrogénio é a solução ideal para conduzir longas distâncias com emissões zero, bem como para transportar cargas maiores sem perdas de tempo a reabastecer. O Opel Vivaro-e HYDROGEN lidera o futuro da mobilidade com zero emissões, especialmente para uso comercial".

Conceito inteligente: autonomia elevada, zero emissões e reabastecimento rápido

O Vivaro-e HYDROGEN baseia-se na existente versão eléctrica do Opel Vivaro-e, eleito "International Van of the Year" de 2021. Com os depósitos abastecidos de hidrogénio, alcança uma autonomia superior a 400 quilómetros (WLTP1). A pilha de combustível de 45 kW é capaz de gerar energia suficiente para uma condução contínua em autoestrada. O Opel Vivaro-e HYDROGEN demora apenas três minutos a reabastecer com hidrogénio, aproximadamente o mesmo tempo necessário para abastecer um veículo convencional, a gasóleo ou a gasolina.

A bateria de iões de lítio com 10,5 kWh fornece uma potência de pico dinâmica quando necessário, por exemplo, no arranque e sob aceleração. Uma vez que a bateria satisfaz as necessidades de energia em tais situações, a pilha de combustível pode operar em condições ótimas de funcionamento. A bateria também funciona em conjunto com a travagem regenerativa, enquanto a configuração ‘plug-in’ permite recarregar a bateria externamente, se necessário, por exemplo, numa estação de carregamento, fornecendo 50 km de autonomia elétrica da bateria. O Vivaro-e HYDROGEN está equipado com um carregador de bordo trifásico (11 kW) e com um cabo de carregamento de modo 2 de série.

A caminho de um futuro baseado no hidrogénio já hoje com o Opel Vivaro-e HYDROGENGraças a uma configuração inteligente, o Vivaro-e HYDROGEN não faz quaisquer cedências em termos de volumetria por comparação com as versões de motor de combustão, oferecendo até 5,3 ou 6,1 metros cúbicos de volume de carga. Esta nova versão comercial elétrica com pilha de combustível está disponível nos comprimentos M e L (4,95 e 5,30 metros), tendo 1.000 kg de carga útil máxima.

Tal como o seu ‘irmão’ elétrico a bateria, bem como aqueles equipados com motores de combustão interna, o Vivaro-e HYDROGEN oferece uma gama invulgarmente vasta de sistemas de assistência ao condutor que visam aumentar a segurança. O equipamento inclui uma câmara panorâmica traseira com visão de 180 graus, alerta de ângulo cego e estacionamento pilotado, dianteiro e traseiro.

O sistema de informação e entretenimento Multimedia Navi Pro funciona através de reconhecimento de voz ou do ecrã tátil a cores, sendo compatível tanto com Apple CarPlay como com Android Auto. O sistema de navegação oferece mapas europeus, orientação dinâmica de rotas e TMC. Os utilizadores também podem refrigerar ou aquecer o veículo durante o carregamento através dos serviços "OpelConnect" e programar carregamentos com a aplicação "myOpel".

O novo Vivaro-e HYDROGEN beneficia de mais de 20 anos de experiência da Opel no desenvolvimento de veículos equipados com pilhas de combustível a hidrogénio da Opel e da Stellantis. A produção tem lugar na Opel Special Vehicles (OSV) em Rüsselsheim. Com o novo Vivaro-e HYDROGEN, a Opel dá continuidade à sua estratégia de eletrificação e alarga a oferta com mais uma alternativa de mobilidade sem emissões na sua gama de comerciais ligeiros. O Vivaro-e HYDROGEN complementa os furgões elétricos a bateria Combo-e, Vivaro-e e Movano-e.

 


[1] Autonomia determinada Segundo a metodologia de testes WLTP (R (EC) No. 715/2007, R (EU) No. 2017/1151). A autonomia real pode variar de acordo com as condições do quotidiano e depende de variados fatores, como o estilo de condução individual, caraterísticas do percurso, temperatura exterior, utilização dos sistemas de aquecimento e ar condicionado e pré-condicionamento térmico.

Ir para o topo